Enoturismo no Brasil: retomada responsável traz expectativa alta para o setor

0
15

Seguindo a tendência da retomada das atividades turísticas no Brasil, que aponta para a preferência por viagens curtas e com natureza, o segmento de enoturismo está em plena recuperação. E otimista. O turismo associado à cultura, tradição e apreciação de vinhos tem se fortalecido no país, juntamente com a estrutura de atendimento ao turista com hotéis, pousadas, bares e restaurantes. O cenário fica ainda mais promissor com a chegada da vindima, que é a época de colheita das uvas. E, em homenagem ao Dia do Enólogo, celebrado nesta quinta-feira (22.10), a Agência de Notícias do Turismo conversou com representantes de um dos segmentos que mais crescem no país.

Os números mostram que o enoturismo foi responsável por muitas viagens pelo Brasil. De acordo com a Uvibra (União Brasileira de Vitivinicultura), antes dos impactos da pandemia de coronavírus, o número de “enoturistas” vinha crescendo de 10% a 15% ao ano. Apenas a cidade de Bento Gonçalves (RS) recebeu mais de 1,5 milhão de turistas em 2019, sendo 500 mil somente no Vale dos Vinhedos. A expectativa é que em 2021 o setor possa retomar a mesma performance.

O presidente da Uvibra, Deunir Argenta, destaca que grande parte das vinícolas são pequenas e familiares, com uma dependência muito significativa do enoturismo.