Enfermeira indígena é a primeira vacinada contra Covid no Amazonas: “Viva os povos indígenas desse país”, diz Vanda Ortega

0
22

A enfermeira indígena Vanda Ortega foi a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no Amazonas. Durante a pandemia, a profissional de saúde tirou suas horas vagas para oferecer suporte à sua comunidade indígena de 700 famílias contra o surto da doença em Manaus.

As primeiras doses da vacina contra a Covid chegaram ao Amazonas às 18h45 desta segunda (18). Diversos outros estados brasileiros também começam a vacinação na segunda.

Vanda, de 33 anos, nasceu na comunidade ribeirinha de Amaturá e se mudou há 11 anos para Manaus, onde se tornou técnica em enfermagem. Ela trabalha tratando pacientes de câncer de pele em uma clínica da cidade.

“Viva os povos indígenas desse país. Que todos os indígenas sejam vacinados. Esse momento representa muito para o meu povo Witoto, e para os 63 povos indígenas do estado do Amazonas. Esse estado, que tem a maior população indígena do Brasil, precisa ser cuidado”, disse.
Ortega ainda falou que, na comunidade Parque das Tribos, onde vive, 32 indígenas testaram positivo para a Covid-19 neste novo surto da doença. Ela fez um pedido para que o governo “olhe” pelos povos indígenas que vivem em Manaus.

“Nós estamos montando um hospital de campanha por nossos próprios esforços dentro da comunidade. E quero que esse estado olhe para essas populações aqui. Os nossos povos, historicamente, são muito negados por esse sistema de poder. Mas nós queremos, nesse momento histórico, que essa vacina chegue para os nosso povos na cidade também. Isso é uma luta do movimento indígena”, declarou.

Via. G1