Em Curitiba 9,8% dos motoristas dirigem embriagados

0
37

A pesquisa feita pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, de 2017 constatou que no total 9,8% dos motoristas de Curitiba (PR) afirmaram conduzirem veículos motorizados sob o efeito de bebida álcoolica.

O Vigitel é um método de pesquisa realizado em todas as capitais do Brasil, por telefone, com maiores de 18 anos. Em Curitiba, foram entrevistadas 2.063 pessoas entre os meses de fevereiro a dezembro de 2017. Dessas 658 eram homens e 1.405 mulheres.

“Esse é um perfil mundial, mas que no Brasil agrava a situação devido à infraestrutura que o país oferece aos condutores. É necessário ser mais prudente, pensar que os acidentes de trânsito podem matar e causar graves sequelas. Da mesma forma, os governos também precisam rever como podem tornar as vias melhores e mais seguras”, explicou a Diretora de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Fátima Marinho.