Detector de ‘fake news’ é criado por Universidades brasileiras

0
194

Duas universidades públicas brasileiras a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tiveram uma nova iniciativa para auxiliar na segurança contra essa onda de ‘fake news’ que prejudica quase todo mundo.

O programa denominado de NILC-USP é um detector de fake news que funciona na web e no WhatsApp com o objetivo de dar auxilio ao usuário para que o mesmo não compartilhe e nem acredite em notícias falsas.

“A ideia é que a ferramenta seja um apoio para o usuário”, explica o professor Thiago Pardo, do Instituto de Ciências Matemáticas e Computação (ICMC) da USP de São Carlos. “Ainda estamos no início desse projeto e, no estado atual, o sistema identifica, com 90% de precisão, notícias que são totalmente verdadeiras ou totalmente falsas.”