Deputados pedem a suspensão do reajuste de 8,5% na conta de luz

0
7

Em Audiência Pública, realizada na quarta-feira (16) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), os parlamentares propuseram à Amazonas Energia a suspensão do reajuste médio de 8,5% da tarifa de energia elétrica previsto para este ano. Em agosto, a concessionária enviou à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) uma proposta de revisão tarifária, que deverá ser praticada a partir do próximo dia 1º de novembro. O pleito da empresa segue sob consulta pública no site da Aneel até o dia 9 de outubro.

O evento híbrido, promovido pela Comissão de Defesa do Consumidor (CDC/Aleam), contou com a participação do diretor-presidente da Amazonas Energia, Tarcísio Rosa, e dos deputados estaduais Carlinhos Bessa (PV) e Saullo Vianna (PTB) e de representantes da sociedade civil por meio de transmissão on-line.

Os parlamentares alegaram que, em meio à crise provocada pela pandemia, com uma alta taxa de desemprego, este não é o momento mais adequado de elevar custos aos consumidores amazonenses. Representando o presidente da CDC/Aleam, deputado estadual João Luiz (Republicanos), que não pôde comparecer por conta de uma agenda no interior do Estado, o assessor jurídico da Comissão, Paulo Kolenda, explicou que a Amazonas Energia pode suspender essa proposta para o ano que vem, conforme consta no contrato de concessão.