Deputada Tabata Amaral (PDT) faz relato sobre os desafios do futuro da educação

0
106
Imagem da Internet

“Já não temos tempo para apenas resolver questões como a da alfabetização e da evasão e abandono escolar. Precisamos também nos preparar para um mundo de trabalho mais dinâmico. Há experiências que deixam uma marca profunda em nossas vidas, e acabo de viver uma delas ao conhecer a Atwood Primary Academy de Londres. A visita foi parte da missão organizada pela embaixada do Reino Unido que levou, no início de março, lideranças brasileiras da educação para conhecer os principais projetos britânicos para a área. O convívio de uma semana com especialistas locais e os debates animados que travamos permitiram uma rica troca de experiências para que, a partir daí, se desenhasse um programa de cooperação para a inclusão socioeconômica de alunos brasileiros e o desenvolvimento de suas habilidades socioemocionais e técnicas. O que me cativou na Atwood?

Uma junção de coisas, não muito diferentes daquelas que já começamos a ousar desejar ou buscar para termos uma educação de qualidade no Brasil. Nada ali era original no sentido de inusitado, mas tudo funcionava criativamente. A começar pela boa formação dos professores e excelentes condições de trabalho – temas que foram, aliás, motivadores de muitas conversas e debates sobre a importância da formação e valorização do corpo docente-, e a criação de incentivos para uma carreira de magistério que atraia e prepare de fato os melhores profissionais.

Chamou especialmente minha atenção o acolhimento e a forma como as crianças eram tratadas. Ali reinava a diversidade, mas o clima era de respeito e dignidade. Nada de preconceitos, mas um lugar de oportunidades iguais”, declara a deputada em seu texto.