Crianças imigrantes menores de 5 anos são devolvidas aos pais nos EUA

0
191
MISSION, TX - JUNE 12: A boy and father from Honduras are taken into custody by U.S. Border Patrol agents near the U.S.-Mexico Border on June 12, 2018 near Mission, Texas. The asylum seekers were then sent to a U.S. Customs and Border Protection (CBP) processing center for possible separation. U.S. border authorities are executing the Trump administration's "zero tolerance" policy towards undocumented immigrants. U.S. Attorney General Jeff Sessions also said that domestic and gang violence in immigrants' country of origin would no longer qualify them for political asylum status. (Photo by John Moore/Getty Images)

Ontem (12), os Estados Unidos afirmaram que iriam conseguir devolver a suas famílias crianças menores de cinco anos que fizeram o cruzamento ilegal da fronteira onde foram considerados “aptos” a serem entregues. Diversas crianças da mesma faixa etária ainda estão no limbo, dois dias após a data limite determinada pela justiça para a solução do problema.

Uma juíza federal determinou em meio a protestos, que todos os menores de cinco anos fossem devolvidos a suas famílias até o dia 10 de julho (terça-feira) O prazo estipulado para as crianças acima dessa faixa etária é até 26 de julho.

Das 103 crianças menores de cinco anos agraciadas pela ordem judicial, apenas 57 foram devolvidas aos seus pais “por cumprirem os requisitos estabelecidos pela lei”, enquanto 46 foram consideradas “inelegíveis”, apontou o Departamento de Segurança Nacional (DHS).