Crianças com menos de 5 anos podem ter níveis mais altos do vírus

0
18

Um novo estudo vem contrariar a crença atual de que crianças pequenas – como têm menos probabilidade de ficarem gravemente doentes com o vírus – não são tão impulsionadoras da disseminação do SARS-CoV-2. 

A pesquisa, publicada na quinta-feira na JAMA Pediatrics, afirma que as crianças com menos de cinco anos têm entre 10 e 100 vezes mais níveis de material genético do novo coronavírus nos seus narizes do que crianças e adultos mais velhos.

Segundo os autores, isto significa que as crianças pequenas podem ser importantes impulsionadores da transmissão da Covid-19 – uma sugestão contrária à narrativa predominante.

Para chegar a esta conclusão, entre 23 de março e 27 de abril, os pesquisadores realizaram testes nasais em 145 pacientes de Chicago, nos Estados Unidos, com doença leve a moderada. Os testes foram feitos no espaço de uma semana após o início dos sintomas.

Os pacientes foram então divididos em três grupos: 46 crianças com menos de cinco anos, 51 crianças de cinco a 17 anos e 48 adultos de 18 a 65 anos.