CPI da Saúde: depoente fica calado e expõe contratos irregulares com a SUSAM

0
21

Na tarde deste terça-feira, (28) a CPI da Saúde realizou mais uma sessão para esclarecer fatos duvidosos em contratos do Governo do Amazonas durante a pandemia da covid-19.

A comissão recebeu Vinícius Souto dos Santos, suposto ex-dono da Norte Serviços Médicos, lavanderia que prestou serviços para o hospital de campanha Nilton Lins.

O depoente não respondeu nenhuma pergunta feita pelo o deputado Delegado Péricles, presidente da comissão.

Há suspeitas de superfaturamento nos contratos e até sobre a comprovação se a empresa de fato realizou as atividades no hospital.

Após o depoente reservar-se o direito de ficar em silencio, o deputado Wilker Barreto, afirmou que Vinicius já diz tudo sobre a empresa irregular,

“Esse Vitor é um segundo Laranja claramente. Essa fala de ‘me reservo o direito de ficar calado’ é mais esclarecedora do que duas horas de depoimento. O depoente não vai contribuir com nada. Perde ele uma oportunidade de se ajudar”, disse.

O deputado delegado Péricles, disse que o Vinicius só veio comprovar o que todos já sabiam e vai chamar o suposto verdadeiro dono da empresa.

“Nesse caso, tudo indica que está se ocultando o real dono da empresa. Mas mesmo assim, vamos chamar aqui, ainda nesta semana, o verdadeiro dono da Norte Serviços para falar. Vamos chamar o Sr. Frank André Gomes de Abreu. Esse sim responde pela empresa. Ele vai à SUSAM cobrar pagamentos da empresa e é o real dono da Norte Serviços Médicos”. Disse.