Covid-19: cresce em 70% o índice de suicídio no Japão diz pesquisa

0
9

O governo japonês informou nesta quinta-feira (25) que, após uma pesquisa feita em seu país, as medidas de lockdown acarretaram um grande aumento no índice de suicídios. Somente em outubro de 2020, a taxa de suicídio feminino do país aumentou mais de 70%, em comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Um dos fatores analisados foi o aumento do desemprego no país. Cerca de 1,44 milhão de pessoas que trabalhavam em bares, restaurantes e hotéis ficaram desempregadas — mais da metade, do sexo feminino. A professora Michiko Ueda, uma das pesquisadoras, apontou que o alto índice de suicídio no país oriental é resultado do isolamento social gerado pela “pandemia”.

“Nunca vi um aumento tão grande na minha carreira de pesquisadora desse tema. O que acontece com a pandemia do coronavírus é que os setores mais afetados são aqueles com alto percentual de mulheres, como turismo e varejo”, alertou Ueda.  “Elas têm que sustentar suas próprias vidas e não têm empregos fixos. Então, quando algo acontece, é claro, elas são duramente atingidas. O número de demissões entre quem não tem um trabalho fixo foi enorme nos últimos oito meses”, finalizou a pesquisadora.