Combate às Fake News é prioridade para o TRE-AM

0
25

Pelo seu poder destrutivo e por ameaçar a própria democracia, as notícias falsas, atualmente, são a principal preocupação da Justiça Eleitoral em todo o País. Nessa esteira, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, desembargador João Simões, em reunião com a imprensa e partidos políticos, instituiu, na tarde de hoje (16), o Comitê de Repressão e Combate às Fake News.

A abertura do evento ficou a cargo do presidente da Corte, nos seguintes termos:

“Estamos reunidos na data de hoje para consolidar um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas desde o início da nossa gestão à frente da presidência. De fato, uma das grandes preocupações que permeiam a eleição vindoura é o combate a propaganda das chamadas notícias falsas. Tal tema,  já havia sido objeto de preocupação no discurso de posse  como bem advertiu o ministro Luiz Fux, presidente do Tribunal Superior Eleitoral; “as notícias falsas derretem candidaturas limpas e, portanto, não devem ser toleradas”. É por isso que   esta Corte Regional, sob a supervisão da Dra. Ana Paula Serizawa, instituiu o Comitê de Prevenção e Combate à Criação e Propagação de Notícias Falsas na Internet, o qual contará com o apoio técnico investigativo do Ministério Público Eleitoral e da Polícia Federal A exemplo do que já fez o Tribunal Superior Eleitoral, convidou todos os partidos políticos para se fazerem presentes,  com o objetivo de propor a celebração de um Termo de Compromisso, um verdadeiro protocolo de intenções para manter um ambiente de higidez informacional e reprovar qualquer prática ou expediente referente a utilização de conteúdo falso no próximo pleito, reforçando assim a atuação dos partidos políticos como agentes colaboradores contra a disseminação das chamadas Fake News.