Clamídia pode aumentar chances de aborto em até 10 vezes

0
350
foto da internet

A presença da bactéria Chlamydia trachomatis, causadora da clamídia, pode aumentar em até dez vezes a possibilidade de uma mulher sofrer aborto, segundo uma pesquisa do especialista em biomedicina Alejandro Rosas Cabral.

“Alguns agentes infecciosos habitualmente não são estudados em pacientes grávidas e sua relação com o risco de apresentar um aborto”, advertiu o cientista da Universidade Autônoma de Aguascalientes (UAA).

Cabral explicou que quando uma mulher sofre um aborto e depois não consegue engravidar, normalmente acaba procurando uma clínica de fertilidade, onde são estudados os motivos da perda do bebê e alguns agentes infecciosos e alterações anatômicas, mas não outras causas.

A Chlamydia trachomatis é uma bactéria de pequeno tamanho cuja infecção provoca a doença sexualmente transmissível mais frequente nos países industrializados pois, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 131 milhões de pessoas são infectadas com esta bactéria anualmente.