Chico Preto faz grave denuncia sobre sistema de transporte coletivo em Manaus

0
50
MANAUS, 12/08/19 VEREADOR CHICO PRETO (PMN) DISCURSANDO NO PLENARIO DA CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS. FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

Em discurso na Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta ontem (12/8), o vereador Chico Preto afirmou que o sistema de transporte coletivo da cidade é corrupto e paga propina. O parlamentar disse, ainda, que se a CMM instalasse uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e ele fosse o presidente ou relator, os nomes das pessoas que sucumbiram a essa prática viriam à tona.

“Continuo sustentando que o sistema de transporte coletivo é um sistema carcomido, apodrecido, corrupto e que paga propina sim. Minha afirmação é fruto de indignação e da convicção de que o sistema é um sistema que corrompe Brasil à fora, como no Rio de Janeiro no caso Jacob Barata Filho, e em Santo André, no assassinato do ex-prefeito Celso Daniel”, falou.

“Com a CPI, saberíamos para onde foram os 30 centavos da renovação da frota e certamente no meio das investigações, assim como na Lava Jato, descobriríamos os nomes das pessoas que sucumbiram a isso”, concluiu.

Chico Preto disse, também, que ao longo da gestão do Prefeito Arthur Neto (PSDB) os empresários do setor “pintaram e bordaram” e não renovaram a frota, mesmo com uma verba específica para este fim.

“Onde está o dinheiro da depreciação do sistema de transporte coletivo? Onde estão os R$ 0,30 que em cada tarifa o cidadão paga para a renovação da frota? Esse dinheiro virou barco, virou lancha, virou mansão e propina para muita gente, e o povo está aí com o prejuízo de 400 ônibus, pelo menos, que não entraram no sistema”, disse.