Charles Garcia esclarece dúvidas sobre impugnação a eleição para desembargador

0
142

Na manhã desta terça-feira, (22), o então candidato à desembargador pelo Quinto Constitucional, Charles Garcia recebeu jornalistas em uma coletiva de imprensa realizada no escritório Simões Mendonça Advogados, para esclarecer as decisões feitas pela Comissão Eleitoral da OAB.

O pedido foi feito por um candidato que também concorre ao cargo, alegando que Charles abusou do poder econômico e da propaganda irregular. De acordo com ele, Charles teria utilizado o evento de lançamento a sua campanha que ocorreu no dia 27 de abril para compra de votos.

O advogado respondeu aos vários questionamentos feitos na coletiva e disse que os opositores alegam que o seu evento de lançamento à candidatura teria beneficiado todos os candidatos da coligação “Eu, com muita hombridade disse o seguinte… Não, o meu evento era para apoiadores. O que você entende por apoiador? Apoiador é a pessoa que já declarou voto a você e já está ao seu lado. Todo lançamento de candidatura não se traz eleitores novos, tu traz apoiadores”

Para Charles, a atitude da Comissão é sinal de que sua candidatura incomoda. “O que impressionou a Comissão Eleitoral e impressionou a administração da OAB, daí a razão da perseguição, é que nós conseguimos colocar mais de 600 advogados no nosso evento. Veja, e independente do que acontecesse lá nos teríamos 600 amigos do nosso lado, e se eu fizer hoje um evento, nós teríamos 1000, 1500 amigos do nosso lado porque nós somos fortes, nós somos humildes para ouvir o colega advogado e saber qual é a necessidade do colega advogado.”

O advogado entrará com recurso para reverter a decisão visto que as eleições ocorrem neste sábado, 26 de maio.