Casos de asmas aumentam em velhos

0
52

 

Os médicos observam um aumento recente no número de casos do problema entre os indivíduos mais velhos – estima-se hoje que atinge 4 a 13% dos idosos.

Apesar de que os bebês serem os mais afetados em sofrer os sintomas de dor torácica e respiração deficiente, os medicamentos garantem um percentual de poder controlar essa doença em crianças, entretanto, para os idosos, há cinco vezes o risco de morrer

porque eles não têm a capacidade de suportar esse mal, de acordo com um estudo da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos.

O pneumologista Marcelo Gervilla Gregório, da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), explica que o tesão pode ressurgir nessas idades ou até aparecer de forma inédita.