Caminhoneiros protestam em 13 estados contra preço do diesel

0
72
Verão Pampa 2015 - Caminhoneiros realizam protesto trancando o trânsito na BR 101 , em Três Cachoeiras. Congestionamento, caminhões.>>>FOTO>>>Jackson Ciceri ------ Favor não tratar.

Os protestos de caminhoneiros contra o aumento do preço dos combustíveis iniciados, ontem, já resultaram em interdições de rodovias federais em pelo menos 13 estados. Minas Gerais e Bahia são as unidades da federação com maior número de registros. As manifestações foram anunciadas na sexta-feira (18) pela Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) e pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA).

Em Minas Gerais, de acordo com a PRF, há 13 interdições causadas pelo protesto dos caminhoneiros nas rodovias federais. Seis delas na BR-040 (kms 511; 618; 628; 699; 780 e 808). Há também três pontos da BR-381 (km 513; km 617; km 690). Os demais pontos de interdição estão no km 504 da BR-251 e nos km 368 e km 412 da BR-262.

A PRF contabiliza nove pontos de interdição na Bahia. Dois deles na BR-101 (kms 672 e 920); e outros dois na BR-324 (km 530 e km 430). Há também duas interdições na BR-407 (kms 131 e 230), e na BR-116 (km 338 e km 520); e um na BR-242 (km 875).

Os caminhoneiros interditaram quatro pontos em Goiás. Dois deles na BR-050 (kms 97 e 279); um ponto de interdição no km 10 da BR-040, na altura de Luziânia, e outro no km 699 da BR-153.

No Paraná há registro de manifestações na BR-376 (km 257 e km 502); e em dois pontos da BR-153 (km 43, em Santo Antônio da Platina, e no km 112, em Ibaiti).