Câmara aprova moção de repúdio contra ofensas a prefeito de Manaus

0
56

Os ataques verbais proferidos pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), Givancir Oliveira, contra o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio
Neto (PSDB), desagravando o comprometimento equilibrado e responsável do prefeito diante
da greve dos rodoviários, levou a maioria dos vereadores aprovar a Moção de repúdio na
manhã desta segunda-feira (4). A Moção no 066/2018, de autoria do vereador Plínio Valério
(PSDB), ganhou apoio de 26 parlamentares.
Valério destacou que o ataque verbal ao prefeito não tem justificativa. O parlamentar assegurou
que o prefeito agiu de forma equilibrada e consciente, conduzindo as negociações com
responsabilidade de quem tem a consciência de governar uma cidade com mais de 2 milhões
de habitantes