Buenos Aires reabre para o turismo e exigirá testes de viajantes

0
15

O viajante terá que fazer o PCR em seu país de origem e quando chegar à capital argentina A cidade de Buenos Aires vai reabrir para a atividade turística em dezembro e decidiu adotar um protocolo que exige a realização de testes para a covid-19 daqueles que desembarcarem na capital da Argentina.

Turistas do próprio país ou estrangeiros terão que se submeter a um exame do tipo PCR assim que chegarem à cidade e poderão circular normalmente. Apenas aqueles que receberem, até 12 horas depois, um resultado positivo para a covid-19 terão que se isolar.

O exame custará 2,5 mil pesos (cerca de R$ 168) para os turistas estrangeiros. Os argentinos poderão realizá-lo por meio de seus respectivos planos de saúde.

As medidas foram anunciadas nesta sexta-feira (20) pelas autoridades locais, que tentam usar o turismo para ajudar o país a sair da crise econômica, que já abalava a Argentina antes mesmo da pandemia. Em 2019, 2,9 milhões de estrangeiros e 6,9 milhões de turistas argentinos visitaram Buenos Aires, movimentando US$ 2,4 bilhões na cidade.

O sistema de testes para aqueles que visitarem a cidade de ônibus começará a funcionar no dia 8 de dezembro. Nos aeroportos, o mecanismo entra em vigor no dia 15. Pessoas que entrarem de carro em Buenos Aires também terão que se submeter aos exames nas primeiras 24 horas de estadia na capital.