Brasil vai priorizar comércio internacional e mudanças climáticas na cúpula do G20

0
79

O Brasil vai priorizar os temas de comércio internacional e de mudanças climáticas na Cúpula de Líderes do G20 (grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo), entre 30 de novembro e 1º de dezembro, em Buenos Aires. A comitiva brasileira será liderada pelo presidente Michel Temer, que convidou o presidente eleito, Jair Bolsonaro, para acompanhá-lo. O Itamaraty já confirmou que Bolsonaro não irá à cúpula argentina.

Sobre a participação brasileira no encontro, o diretor do Departamento de Assuntos Financeiros e Serviços do Ministério das Relações Exteriores, ministro Luiz Cesar Gasser, informou que a crise no comércio internacional, os compromissos do Acordo de Paris sobre mudanças climáticas e as discussões sobre o futuro do trabalho estarão entre os principais tópicos a serem abordados.

No final de outubro, ao participar da reunião ministerial do Grupo de Fortalecimento e Modernização da OMC, em Ottawa, Canadá, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, alertou para os riscos de paralisação do mecanismo de solução de controvérsias do organismo multilateral. O Brasil foi um dos 12 países convidados pelo Canadá para discutir o futuro da organização.