Brasil e Suécia fazem parceria para estimula participação de meninas na área de exatas

0
30

Com o objetivo principal de despertar em meninas o interesse por ciência, tecnologia, engenharia e matemática, o festival sueco Tekla chega a Brasília. A programação inclui um workshop de robótica e uma tarde de debates sobre o tema. A  iniciativa é fruto de parceria do governo sueco com a governo do Distrito Federal e se insere na Semanas de Inovação Brasil – Suécia.

A oficial de cultura da Embaixada da Suécia no Brasil, Glaucimara Silva, conta que o Tekla foi idealizado por uma cantora pop sueca, Robyn, que é formada no Instituto Real de Tecnologia (KTH), em Estocolmo, na Suécia. “Após perceber que os cursos de tecnologia tinham poucas meninas [Robyn] resolveu criar o Festival Tekla, como uma forma de essas meninas participarem mais.”

Inicialmente, o festival ocorria apenas na Suécia, mas em 2019 passou a ter dimensão internacional e ser realizado em outros países. “Entre esses países estava o Brasil, por sua grande população jovem, com um grande potencial”, conta Glaucimara.