Bolsonaro pensa em renovar auxílio emergencial após casos graves de Covid-19

0
16

Em 2021 a situação sanitária no país parece estar ficando mais critica que no ano passado, estados como o Amazonas já estão em colapso, o governador Wilson Lima, chegou a publicar Medida Provisória com decreto que obriga a todos ficarem em suas casas 24 horas por dia, saindo apenas para ir ao mercado, farmácia ou hospital.

As medidas já estão sendo endurecidas em outros estados, a exemplo de São Paulo e Rio de Janeiro, com isso, segundo nota no site ‘Terra / IstoÉ’, o presidente Jair Messias Bolsonaro, já está pensando em renovar o auxílio emergencial.
De acordo com informações de interlocutores do governo federal, os quais foram ouvidos pelo Valor Econômico, o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro é está favorável à renovação do beneficio desde que seja com um calor dentro do orçamento.

As fontes disseram ainda que Bolsonaro não pretende romper com o planejamento de Paulo Guedes, Ministro da Economia, promovendo uma flexibilização do teto de gastos para pagar o auxílio emergencial, por isso, o valor a ser pago aos beneficiários terá que ser aprovado pela PEC Emergencial.
Com a aprovação emergencial pela PEC se abrirá um espaço no orçamento e assim o custeio do benefício poderá partir de mecanismos de ajuste fiscal, caso as operações de crédito da União excedam a despesa de capital.