Bento Gonçalves: colheita da uva tem programação até março

0
11

Os três primeiros meses do ano na Serra Gaúcha são marcados pela vindima, época de parreirais carregados e uma programação variada para quem visita a região. Bento Gonçalves é a cidade que concentra as maior parte das atividades.

O festival Estação Vindima acontece de 15 de janeiro a 14 de março e terá degustações, jantares harmonizados e, claro, colheita. Das atividades programadas, a que atrai muitos curiosos é a pisa, ritual para a extração do mosto, o caldo da fruta depois de espremida, exatamente como faziam os primeiros imigrantes italianos. Nas vinícolas, hoje, o processo está totalmente mecanizado, mas a tradição permanece para o deleite dos turistas.

Nem toda vinícola cria uma programação específica durante o período, ainda assim as visitas seguem acontecendo – já as degustações foram suspensas em algumas delas. O Vale dos Vinhedos concentra a maioria das grandes bodegas, como a Miolo e a Casa Valduga, mas vale esticar até Pinto Bandeira, onde os cenários são mais bucólicos e podem, sem muio esforço, lembrar a Toscana. A região sul do país contabiliza mais de seiscentas vinícolas.

Neste ano não haverá a tradicional procissão pelas ruas da cidade nem solenidades públicas em razão da pandemia e a Secretaria de Turismo de Bento Gonçalves criou o selo “Ambiente limpo e seguro”, concedido às empresas que atendem as normas de prevenção.

Vindima na Cainelli