Banco Mundial libera US$ 10 milhões para apoiar reforma do ensino médio

0
11

Até esta sexta-feira (20), o Ministério da Educação (MEC) e o Banco Mundial realizam missão que contará com a participação de representantes do Ministério da Economia para tratar das ações previstas no acordo de empréstimo da instituição financeira concedido ao governo federal para apoiar a implementação do Novo Ensino Médio. 

Nesta semana ainda, uma parcela de US$ 10 milhões será desembolsada em razão do cumprimento de meta relacionada à pré-avaliação do programa de fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI). “A liberação desses recursos é um resultado do trabalho articulado e conjunto do MEC e das secretarias de educação estaduais e Distrital no desenvolvimento das atividades da reforma do ensino médio”, destacou a Secretária de Educação Básica do MEC, Izabel Lima Pessoa. 

De acordo com o especialista líder em educação do Banco Mundial, Marcelo Becerra, a missão nesta semana tem como um dos principais objetivos a adequação do projeto às necessidades atuais, incluindo a revisão de algumas metas e ações. “O projeto tem avançado bastante nos últimos meses, com uma liderança forte do MEC, estimando-se, portanto, uma reestruturação bem-sucedida e uma boa execução de desembolsos nos próximos meses”, avaliou. 

A previsão é de que novos desembolsos sejam realizados a partir do próximo mês, com o cumprimento de metas processuais do EMTI.