Aterrissagem histórica é realizada pela China em região mais distante da Lua

0
30

Na última quarta-feira (2), a China realizou uma ação histórica ao fazer o pouso suave no lado mais distante da Lua por meio da nave “Chang’e 4.” Está é a primeira vez na história que um meio de transporte espacial terrestre é capaz com sucesso alcançar essa região presente no único satélite natural de nosso planeta.

7 de dezembro foi o dia em que a nave partiu da Terra  acoplando a si seis rodas e um aterrissador. Segundo informações da “China Global Television Network”, o pouso ocorreu na seção sul da cratera Von Kárman, parte da Bacia do Polo Sul-Aitken — a região escolhida é uma das mais planas e “pousáveis” em uma região extremamente rochosa.

2020, será o ano em que a Chang’e 5 entrará em ação com terceira e última fase do projeto buscando trazer a Terra informações coletadas ao longo desta aventura lunar.