Após reclamações no ‘Gabinete online’, vereador Amon vai à Justiça pelo adiamento do Enem no Amazonas

0
25

O vereador de Manaus Amom Mandel (Pode) ingressou ontem (12/1)  com uma Ação Ordinária Cautelar, com pedido de antecipação de tutela, pelo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no Estado do Amazonas. As provas foram marcadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para o próximo domingo (17/01).

“Considerando que a possibilidade de desistência em massa, tanto de estudantes quanto de colaboradores do Enem, um risco real, decidi entrar com a ação na Justiça Federal”, justificou o parlamentar.

O pedido de Amom acontece em face do aumento do número de pessoas infectadas pelo covid-19 na capital do Amazonas e no interior, e também após denúncias recebidas pelo “Gabinete Online”, lançado pelo parlamentar no domingo (10/01/21).

O vereador lançou também um site exclusivo para receber demandas e prestar contas do mandato. O site, um dos seus compromissos de campanha, é uma aposta do parlamentar para encurtar a distância entre a população com seu mandato no legislativo.

Por: Italo Ramos.