Após críticas ao presidente, Barroso é atacados por robôs nas redes sociais

0
14

O termo #BarrosoPalhaço está entre os assuntos mais discutidos no Twitter ontem (27). Na quarta, 26, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou que a democracia brasileira tem se mostrado ‘resiliente’ aos ataques do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Parlamentares bolsonaristas e da oposição se posicionaram na rede social sobre o assunto. 

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que em julho atacou outro ministro do STF, chamando Alexandre de Moraes de “lixo”, publicou: “É repugnante ver o comportamento partidário do ministro @LRobertoBarroso atacando o PR @jairbolsonaro, em uma entrevista na fundação do seu colega comunista FHC, o mesmo que corrompeu o congresso para ter o direito ao segundo mandato. Precisamos de ministros mais dignos”, disse Otoni no Twitter.

Na mesma rede social, deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) também criticou a fala do ministro: “Barroso parte pro ataque e afirma que o Presidente Bolsonaro defende a ditadura e a tortura. Não é um ministro, é um militante supremo”.