‘Amor e Sorte’ traz histórias de relacionamentos durante isolamento e homenagem a Fernanda Young

0
9

“Amor e Sorte”, série prevista para estrear na Globo em setembro, vai retratar um pouco dos relacionamentos durante o período de isolamento social.

“A situação-limite que estamos vivendo, confinados, em convivência forçada, amplifica todos os princípios da relação. Casamentos, amizades e parcerias são colocados à prova numa quarentena e podem sobreviver, mais fortes, ou sucumbir”, comenta Jorge Furtado, supervisor de texto da série.

O projeto traz quatro episódios contados por estrelas que vivem um relacionamento real, mas em textos fictícios.

Homenagem a Fernanda Young

Escrito por Alexandre Machado, marido de Fernanda Young, o episódio com Lázaro Ramos e Taís Araujo traz uma homenagem à atriz, escritora e roteirista que morreu em agosto de 2019, aos 49 anos.

“Escrevi o texto para ela”, conta Alexandre.

“Conhecer Fernanda foi a melhor coisa da minha vida. Em todos os sentidos. Amorosamente, profissionalmente, espiritualmente, existencialmente. Ninguém aproveitou mais a Fernanda do que eu, foram 25 anos casados, muita sorte, realmente. Eu não seria 10% do que sou se não fosse por ela.”

“Na verdade, não estaria nem vivo se não fosse por ela. Não teria esses quatro filhos, que hoje são tudo para mim. Mas não foi apenas sorte, porque nós dois nos dedicamos a ter um projeto de vida que foi muito além de marido e mulher. Foi não, continua sendo, pois ainda continuo no mesmo projeto traçado por ela. E pretendo encontrar com ela em muitas outras encarnações.”