Amazonas deve ser o primeiro a vacinar toda a população, diz Pazuello

0
15

Amazonas deve ser o primeiro estado brasileiro a ter vacinação plena contra a Covid-19, informou na segunda-feira (15/02) o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião com os 13 prefeitos da Região Metropolitana de Manaus. Eles começarão a vacinar, a partir de 22 de fevereiro, o público-alvo a partir de 50 anos de idade. A reunião foi realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde funciona o comitê de crise instalado pelo Ministério da Saúde (MS) em Manaus. 

A aceleração do Plano Nacional de Imunização envolve uma força-tarefa com a participação do Governo Federal, por meio do MS e Ministério da Defesa, do Governo do Amazonas e das prefeituras municipais, além de outros parceiros que estão sendo agregados. A meta é vacinar, em 10 dias, todas as pessoas desse grupo, nos 13 municípios. Somente Manaus deverá vacinar 267 mil pessoas, de acordo com dados divulgados pela Prefeitura. 

O ministro anunciou que a aceleração será possível porque até o dia 22 de fevereiro o Ministério da Saúde terá recebido dois lotes dos dois laboratórios que já estão produzindo vacinas, o Butantan (Coronavac/Sinovac) e a Fundação Osvaldo Cruz (AstraZêneca/Oxford). Logo no início de março, outros dois lotes serão entregues. Além das vacinas que são encaminhadas aos estados por partilha proporcional, o MS vai destinar os 5% do Fundo de Imunização para o Amazonas. 

Toda a operação da força-tarefa está sendo construída em conjunto pelas prefeituras, CICC e Forças Armadas.