Alunos com baixo desempenho no Pisa relatam maior desconforto físico e emocional com a escola

0
169

Dados de estudo indicam importância do ambiente escolar para o aprendizado e o desenvolvimento dos alunos

Além de verificar conhecimentos em matemática, leitura e ciências, o Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) também mede habilidades relacionadas à resolução colaborativa de problemas. Pela primeira vez, em 2015, os estudantes brasileiros foram submetidos a essa parte do teste, que exige dos jovens aptidão para trabalhar em grupo. Saber dividir tarefas, seguir regras e manter o entendimento compartilhado são algumas das qualidades avaliadas.

Nesse quesito, a média geral de proficiência dos brasileiros foi 411,7, o que coloca o país na penúltima posição da lista, como mostra o estudo Um panorama sobre resolução colaborativa de problemas no Brasil, realizado pelo Iede (Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional) a partir dos microdados do Pisa.