Alemanha doa quase 190 mil euros para recuperação do Museu Nacional no Rio

0
98

Destruído por um incêndio, no dia 2 de novembro, no Rio de Janeiro, O Museu Nacional recebeu ontem (10) uma doação no valor de 180.800 euros do governo alemão. A quantia, equivalente a cerca de 808 mil reais, será utilizada na recuperação do acervo resgatado dos escombros.

O cônsul-geral da Alemanha no Rio de Janeiro, Klaus Zillikens, afirmou que a doação representa apenas uma etapa inicial, já que o Museu Nacional continuará sendo assistido. O governo alemão pretende disponibilizar um aporte de até 1 milhão de euros, que devem ser repassados conforme as demandas do museu.

Para o Museu Nacional, a doação tem extrema relevância, porque será usada na compra de materiais específicos de recuperação, listados pelas equipes de busca. Artigos como computadores e lupas especiais serão adquiridos – uma delas, inclusive, vai ser usada em particular na reintegração de Luzia, o fóssil humano mais antigo do Brasil.

De acordo com o diretor do museu, Alexander Kellner, o trabalho de resgate está seguindo conforme o previsto. O foco maior está no escoramento das paredes mais frágeis para que os pesquisadores possam ter acesso ao prédio para procurar as peças.