A conversa entre abelhas e robôs que pode proteger o ambiente

0
109

Pode um robô aprender a comunicar com um animal? E pode um animal aprender a interagir com um robô?

Por mais improvável que possa parecer, é nas respostas a estas perguntas que alguns cientistas em Graz, na Áustria, pensam poder desenvolver novas tecnologias que nos permitam conhecer melhor e proteger o meio ambiente.

Nesta cidade austríaca, investigadores constroem colmeias quase todos os dias e os painéis de cera são, de seguida, instalados por cima de uma frota de pequenos robôs equipados com sensores. Algoritmos bio-inspirados complexos ajudam estes robôs a enviar diferentes estímulos físicos aos animais, com os cientistas a estudarem então a reação das abelhas.

“Assim que temos a conexão entre os animais e o computador, podemos observar o fluxo de informações muito mais de perto e descobrir como as abelhas guardam informação, como elas a comunicam e como a filtram. E tudo isso leva a uma maior compreensão destas sociedades animais”, afirma Thomas Schmickl, biólogo e coordenador do projeto da Universidade de Graz.