80% dos alunos entre 13 e 15 anos já consumiram alguma substância psicoativa

0
17

Num universo com cerca de 7 mil estudantes do nono ano do ensino fundamental, com idades entre 13 e 15 anos, mais de 80% já consumiram algum tipo de substância psicoativa. É o que revela uma pesquisa da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP.

Segundo os pesquisadores, nesta fase é muito comum adolescentes experimentarem essas substâncias; porém, destacam, existe preocupação com jovens que, além de consumirem mais frequentemente e em maior quantidade, apresentam problemas de saúde física e mental e que estiveram envolvidos em casos de violência física e sexual. 

O trabalho Uso de substância e envolvimento em situações de violência: um estudo tipológico em amostra brasileira, do Grupo de Estudos e Pesquisa em Desenvolvimento e Intervenção Psicossocial (GEPDIP) foi feito a partir da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar realizada pelo IBGE, em parceria com os Ministérios da Saúde e da Educação em 2015. Essa pesquisa contou com a participação de mais de 100 mil alunos brasileiros do nono ano de escolas públicas e privadas de áreas urbanas e rurais em todo o País.

Essa é a primeira vez que essa pesquisa nacional é analisada de forma sistemática, levando em consideração o envolvimento dos adolescentes com casos de violência e problemas da saúde.