10% dos britânicos não vão ao médico tratar DST por vergonha

0
14

Um em cada dez britânicos sofre com uma doença sexualmente transmissível (DST) e não procura ajuda médica porque se sente “muito envergonhado”, de acordo com uma nova pesquisa. O levantamento mostra ainda que 25% dos homens que sofrem com algum problema sexual – como dores ou disfunção erétil – não procuram tratamento pelo mesmo motivo. As informações são do Daily Mail.

O estudo realizado pelo UKMEdix.com, com o objetivo de descobrir mais sobre a saúde sexual das pessoas, foi focado especificamente nos problemas em que os britânicos não procuram ajuda de um profissional.

Durante a pesquisa, os entrevistados com algum tipo de problema sexual foram convidados a adivinhar o diagnóstico. Os resultados mostram que 35% acreditavam ter uma doença sexualmente transmissível, 27% tinham disfunção erétil ocasional ou frequente e 22% sentiam dor durante o sexo.

Quando questionados porque ainda não haviam procurado um médico, 55% afirmaram sentir vergonha, enquanto 29% disseram ficar preocupados com o resultado.